Mosaico Juréia-Itatins ganha Plano de Desenvolvimento Sustentável

Mosaico Juréia-Itatins ganha Plano de Desenvolvimento Sustentável 1024 768 Geo Brasilis

As reuniões de abertura dos trabalhos foram acompanhadas por 82 pessoas das comunidades da região.

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo e a Fundação Florestal contratou a empresa GeoBrasilis para dar início à elaboração dos Planos de Desenvolvimento Sustentável das Unidades de Uso Sustentável do Mosaico Juréia-Itatins, das RDS da Barra do Una e do Despraiado.

Nos dias 30 e 31 de agosto tiveram início as reuniões de abertura dos trabalhos nos respectivos Centro/Base comunitárias, com a participação 82 pessoas das comunidades, que assistiram a apresentação das etapas do processo que envolverá a elaboração do Plano de Utilização para cada RDS do Mosaico Juréia-Itatins, Plano de Negócio e Formação Comunitária.

O objeto do projeto a ser desenvolvido será com vistas a fornecer às comunidades inseridas nestas Unidades de Conservação meios para que suas atividades contemplem o adequado manejo dos recursos naturais por elas utilizados e a potencialização de sua estrutura de comercialização, de forma a contribuir para o fortalecimento associativo e a melhoria da qualidade de vida das famílias.

Desta forma, o poder público espera que os Planos sirvam de ferramenta para promover a geração de renda familiar direta, vinculada ao envolvimento da comunidade nas ações de conservação, recuperação e manejo do território e dos recursos naturais – responsabilidades comuns, embora diferenciadas, entre estado e comunidade – para que os objetivos da criação destas UCs possam ser alcançados.

Esse desenvolvimento apresenta ainda importância institucional, uma vez que contribuirá para a geração de subsídios à definição e proposição de novas políticas públicas voltadas ao desenvolvimento de uso sustentável nas comunidades tradicionais das UCs.

82 pessoas das comunidades, que assistiram a apresentação das etapas do processo que envolverá a elaboração do Plano de Utilização Sustentável